segunda-feira, dezembro 10, 2012

Kamen Rider x Kamen Rider Wizard & Fourze MOVIE TAISEN Ultimatum

No sábado, dia 8, fui conferir a estréia do novo filme MOVIE TAISEN dos Kamen Riders, o quarto da franquia. Tinha conseguido comprar o ticket para o Cumprimento de Palco para o Cinema Sunshine Ikebukuro, com o elenco de Fourze, para depois da sessão das 12h30. Estiveram presentes Sôta Fukushi (Gentarô Kisaragi), Ryûki Takahashi (Kengo Utahoshi), Fumika Shimizu (Yuuki Jôjima) e Ryô Yoshizawa (Ryûsei Sakuta). Os tickets foram vendidos dia 1, e até achei estranho não terem esgotado rápido na maioria dos cinemas, sinal de que o público parece não estar lá muito empolgado. Bom, eu me incluo nesse meio. Só assisti metade do Fourze, até o episódio 24, mais por falta de tempo. E quanto ao Wizard, antes de ir ao cinema, assisti do episódio 4 ao 8, mas ainda não consegui me acostumar. Por isso mesmo, preferi nem escolher um cinema com o elenco do Wizard.
Quanto ao filme, uma coisa eu posso dizer, a cada ano que passa, os MOVIE TAISEN tem ficado cada vez mais confusos de se entender. É uma salada de personagens e heróis que nem deveriam estar ali. Pra quem não quiser saber de nada, um aviso, cuidado com os spoilers, que eu conto tudo mesmo...rsrsrs! Desta vez, dividiram apenas em três partes, primeiro a do Fourze (cinco anos depois), Wizard (presente) e o MOVIE TAISEN Ultimatum. Numa análise rápida, os Akumaizer foram os grandes vilões do filme, adequado, por serem originários da tribo Akumazoku, mas não sei como era no seriado original, pois não assisti. O Sanagiman começa como inimigo, pra depois ficar "bonzinho" ao virar o Inazuman. Só é estranho que, depois que o garoto Saburo Kazeta vira o Inazuman, ele já sai dando um monte de golpe, pronunciando o nome. Coisa de tokusatsu. Mas gostei do visual reformulado de ambos, Akumaizer e Inazuman. Tomara que sejam aproveitados novamente. Já a nova Bishôjo Kamen Poitrine, ficou meio estranho ver o personagem lutando fisicamente contra monstros, Dopants, Yummies e Zodiarts. Pra quem viu o seriado antigo, sabe que não era assim. A aparição da Nadeshiko ficou meio estranha, não entendi muito bem. É como se ela não tivesse desaparecido de fato, e estivesse no espaço, com o desejo de reencontrar o Gentarô. Até pensei que poderia ser a verdadeira estudante Misaki Nadeshiko, do qual a substância SOLU copiou a forma, mas aí ficaria mais estranho ainda. Me decepcionei com a aparição do Eiji Hino, pois achei que ele iria se transformar no OOO, mas sua aparição é curta e apenas pra trazer uma mensagem. Os quatro Riders, W, Accel, OOO e Birth não são os verdadeiros, mas criações feitas a partir dos respectivos Rider Rings. As silhuetas do Shotaro Hidari, Phillip, Ryu Terui, Eiji Hino e Akira Date (acho que era ele) aparecem de costas e entregam esses anéis às crianças do filme, que estavam sendo atacadas pelos monstros, no "Under World" da Poitrine. Uma coisa que eu achei interessante, foi o argumento da volta no tempo. No filme, Gentarô destrói o seu próprio Fourze Driver, mas acaba pegando emprestado dele mesmo, ao voltar cinco anos antes, no primeiro episódio de Fourze. Depois, é o Haruto quem aparece pra devolver o Driver, e junto entrega o Fourze Ring, e diz para o Gentarô usar o anel daqui à cinco anos, quando quiser me encontrar. É que é com esse anel, que o Fourze, Meteor e Nadeshiko entram no sonho (Under World) da Yû Kamimura, a Poitrine. Haruto, Shunpei e a policial Rinko ficam presos nesse mundo, em que a Poitrine é a heroína. Mas pra sairem dele, a Yû precisa despertar para a realidade, caso contrário o dia acaba se repetindo, já que ela não quer deixar de ser heroína. Percebendo que o dia estava se repetindo, Haruto corre para derrotar os monstros, antes da Yû chegar, tirando o papel dela. Vale lembrar que na série original, Yuuko Murakami (Poitrine) não podia revelar sua identidade, diferente da Kamimura, o qual todo mundo sabe que é a Poitrine. Agora, a revelação mais bizarra foi saber que a tal Yû Kamimura era na verdade o "KABA.Chan", sabem, a "dona" da barraquinha de donuts. Mas se Yû Kamimura era o nome verdadeiro dela, ninguém sabe, afinal, na série, é chamada apenas de Tenchô (Chefe de Loja). Tá explicado a quedinha dela pelo Haruto...rsrsrs! E após os créditos, a aparição do Kamen Rider Beast, o segundo Rider de Wizard, mas sem envolvimento com a história do filme. E ficou explicado porque Gentarô estava predestinado a virar professor do colégio Amanogawa.
Quanto à ação, algo bem típico do diretor Kôichi Sakamoto. Sabem, pancadaria pra todos os lados, com "wire-action", e um pouco do estilo americanizado. Tipo as tomadas em que o Gentarô sai correndo atrás do aluno Saburô, e vão pulando todos os obstáculos que aparecem pela frente, e até entrando na casa dos outros. Aquelas bobeiras do tipo, o Gentarô invadir a casa de uma garota, parar pra beber o café dela, e continuar a perseguição. Quanto ao Cumprimento de Palco, embora tenha sido o quarto do dia, em que o elenco de Fourze participava, sempre conseguem fazer algo de diferente. E no final, a pedido da apresentadora, o Sôta Fukushi encerrou com a frase "Eu sou o Gentarô Kisaragi, o homem que vai se tornar amigo de todos desta sala (de cinema)." Com relação ao público, a grande maioria era feminina, justamente por causa do Cumprimento, quase não se via crianças, diferente das outras sessões. Ah, antes de entrar na sala, comprei o panfleto com DVD (¥1300) e o Clear File Set do W/OOO&Fourze/Meteor (¥600).

3 Comments:

At segunda-feira, dezembro 10, 2012 12:01:00 PM, Anonymous Top Gunder said...

Michel, nem ia perguntar sobre esse Movie Taisen, justamente pela tendência de coisas nonsense acontecerem nestes. Como sou curioso, li assim mesmo. Acho que os que tem mais sentido foram o Movie Taisen 2010 e Movie Taisen Core -- ambas com histórias do Double.

Enfim, por ter esse tempo avançado para o Fourze, já me anima, ainda mais depois do desenrolar que houve nos últimos episódios. Já o Wizard, como comentei outro dia contigo, também não me empolguei tanto com a série. Até faço o possível pra acompanhar regularmente -- o último que vi foi o 10, mas ficarei até o final pra ver no que vai dar.

Sobre a aparição de Poitrine, Akumaizer, Inazuman, e outros Riders, pelo que li mais um fanservice feito nas coxas. Nem valeria a pena colocar os Riders de W e OOO, nem que fosse os verdadeiros. Eles tem que ter um tempo. E a nova Patrine ser o Kaba-chan? Poxa... como assim?

Bem, que venha o Super Hero Taisen Z, como Gavan Type G no meio de mais um furdúncio entre os Riders e Sentais.

 
At segunda-feira, dezembro 10, 2012 1:40:00 PM, Blogger Michel said...

No MOVIE TAISEN anterior, como houve uma divisão em cinco partes, então o W (Shôtarô/Phillip) tiveram um certo destaque. Mas desta vez, até cheguei a pensar que o Eiji Hino teria um certo destaque, o que não aconteceu. A participação do Akumaizer, Inazuman e Poitrine nem foi tão esquisito, pois pelo menos eram versões re-inventadas dos mesmos. Só achei estranho ver a Poitrine saindo na porrada contra os monstros! Aliás, essa história dela ser o KABA.Chan, é que ao retirarem o capacete que cobria a cabeça da Yû Kamimura, "mudaram" para o KABA.Chan, que diz que era assim quando jovem...rsrsrs! O que fica nonsense, já que enquanto a Yû estava adormecida, era claro o corpo da atriz Mari Iriki.

 
At quarta-feira, dezembro 26, 2012 10:01:00 PM, Blogger Betarelli, Ivan D. said...

Meu Deus... me pergunto em que mundo eu estou...

Akumaizer? Inazuman? Poitrine?

Estou COMPLETAMENTE por fora do mundo tokusatsu... preciso rever meus conceitos...

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home