segunda-feira, agosto 26, 2013

STOP! Illegal Download

Esta é a capa do DVD Promocional STOP! Illegal Download, estrelada pela dubladora Yui Ogura, e que estava sendo distribuído na Comic Market 84, em campanha contra os downloads ilegais. O DVD tem apenas 10 minutos de duração e explica de forma simples essa situação, que muitos de nós já conhecemos. Um ponto interessante de se tocar é que, em 1 de outubro de 2012, a lei de direitos autorais foi modificada, passando a penalizar também não apenas quem fizesse uploads ilegais, mas os usuários comuns que fizessem download, mesmo que para diversão pessoal, sem haver o critério de lucro. Até então, cerca de 48 usuários já foram detidos pela polícia. A pena para quem baixar coisas ilegais no Japão, é de até dois anos de trabalho penal e/ou multa de 2 milhões de ienes. Embora eu ache difícil de ser aplicado de fato, prefiro bancar o "falso moralista", e nem mexer com isso... Por isso mesmo, diferente de muitos amigos, não utilizo de nenhum serviço que seja ilegal. Se quero ver um determinado anime ou filme, espero por alguma reprise na TV aberta ou paga (SkyPerfecTV), ou recorro a sites de video streaming legalizados, como Bandai Channel, AnimateTV, GYAO entre outros, ou mesmo os canais legalizados no You Tube. Mas claro que, se estivesse no Brasil, provavelmente estaria levantando a bandeira em prol da pirataria. "Os fins justificam os meios..."

2 Comments:

At quarta-feira, agosto 28, 2013 7:02:00 AM, Blogger André M. Fernandes said...

Michel quer dizer que nem se pode fazer mais downloads pelo mediafire, 4shared, mega ou somente mesmo por sites torrents mais conhecidos como o caso do The Pirate Bay ???
Será que em breve o Japão ficará com a lei igual a que a França adotou?

 
At quarta-feira, agosto 28, 2013 10:14:00 AM, Blogger Michel said...

Primeiramente, André, o intuito da minha postagem foi apenas para divulgar esse DVD com a Yui Ogura, de quem eu admiro. E segundo, que abri mão de fazer apologia a esse assunto de pirataria. Mas enfim...
Em teoria, o que o mercado vem tentando combater com essas campanhas falidas, no bom linguajar, são os usuários comuns pegarem esses produtos com direitos autorais e disponibilizarem na internet, mesmo que não haja fins lucrativos. Entre outras palavras, apenas as empresas é que poderiam fazer isso, mesmo que, limitando o acesso fora do Japão. Por exemplo, certos vídeos no You Tube não são acessíveis no Brasil, assim como certos vídeos estrangeiros podem não ser acessíveis no Japão. Uma série da Toei pode ser hospedada e visualizada no You Tube, apenas por usuários fora do Japão, já que as leis de anti-pirataria só valem pra cá. Ou seja, quem tentar fazer upload/download de conteúdo protegido por direitos no Japão, está sujeito às penas citadas. Até então, a lei só punia de fato, quem fizesse upload, mas ela foi modificada, abrangendo os usuários que fazem download. Mas na prática, não acredito que as tais multas de 2 a 10 milhões de ienes, assim como os trabalhos penais sejam aplicados de fato.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home