quarta-feira, setembro 13, 2006

Kamen Rider, Relançamento das famosas “TV Ehon”

Em comemoração aos 35 anos do herói Kamen Rider, a editora Kodansha estará relançando os famosos TV Ehon (Livros de Ilustrações) da revista infantil Tanoshii Youchien, publicação voltada para crianças entre 2 a 7 anos. Serão ao todo 35 livros, divididos em 3 coleções: Kamen Rider-Primeira Fase (11 Volumes), Kamen Rider-Segunda Fase (11 Volumes) e Kamen Rider V3 (13 Volumes). A venda será apenas por encomenda e os boxes sairão nas seguintes datas, 20 de novembro, 20 de dezembro e 30 de janeiro, respectivamente. Para aqueles que nunca ouviram falar, TV (Terebi) Ehon é uma tradicional publicação, de várias editoras e de tudo quanto é série. Como são voltadas para crianças, os livros são finos e com um texto simples (sem os terríveis kanjis).
Bom, o motivo pelo qual eu resolvi escrever esse post foi porque os TV Ehon marcaram a minha infância. O meu primeiro livro de super-herói japonês foi justamente uma TV Ehon do Ultraman 80, adquirida numa das livrarias do bairro da Liberdade, em São Paulo, em 1984. Mesmo não sabendo ler os hiragana, eu não tirava o olho das ilustrações (dos monstros). Ficava ali imaginando como seria esse “Ultraman Oitenta”. Além desse livro, eu ainda possuo um do Ultra Seven, um do Kaettekita Ultraman, um do Dynaman e um do Fiveman. Alguns em péssimo estado de conservação, mas de grande importância para mim. Já cheguei a encontrar vários outros na Liberdade, como Sun Vulcan, Gavan, Honey Honey... Quem já teve um desses livros, sabe como é nostálgico. “O primeiro livro a gente nunca esquece!”

5 Comments:

At quarta-feira, setembro 13, 2006 7:18:00 AM, Blogger Alexandre Nagado said...

Eu cheguei a ter um desses livros com os Ultra Kyodai. Me lembro que cada imagem emocionava e cada livro que encontrava causava uma empolgação. Ainda mais que muitos livros traziam ilustrações de batalhas inéditas e cenas que nunca haviam sido filmadas.

Era uma época em que tudo era mais difícil e encontrar material era quase sempre um trabalho de garimpagem. Hoje, com a internet, tudo ficou fácil, mas nem sempre foi assim.

Legal que estejam reeditando esse tipo de material que marcou a infância de tanta gente.

 
At sábado, setembro 16, 2006 9:47:00 PM, Anonymous Robinson Oliveira said...

Olá Michel!
Passei um tempo fora sem informações mas estou de volta.
Infelizmente não tive este mesmo privilégio por morar no interior da Bahia e só aparecer em SP com 14 anos.
De infância lembro de uma revista nacional do Spectroman mas com as interminaveis reformar na casa dos meus pais a revista desapareceu.
Já maior comprei um Mangá do Doraemon onde contava alguns pontos turísticos dos países. Brasil tinha o maracanã. Além disso conseguir a alguns anos atrás uma revista do ULTRAMAN datada em 1971, esta conservada. Quardo a sete chaves.
A partir deste momento irei aparecer com maior frequência.
belezinha...

 
At sábado, setembro 16, 2006 9:49:00 PM, Anonymous Robinson Oliveira said...

... guardo a sete chaves ...
hehehe ...

 
At segunda-feira, setembro 18, 2006 9:56:00 PM, Blogger Michel said...

Finalmente você voltou Robinson. Já estava sentindo a falta de seu comentários e e-mails. Mas não vá sumir de novo, hein?

 
At terça-feira, setembro 19, 2006 10:50:00 AM, Anonymous Robinson Oliveira said...

Não pretendo sumir desta vez amigo. Posso demorar um pouquinho para responder ou comentar algo mas será questão de dias.
E aí meu amigo gostou do lançamento do Ultraman aqui no Brasil por uma empresa do Rio de Janeiro ?

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home