sábado, janeiro 05, 2013

Natsukashi Shoten-gai: Procurando por raridades...

No dia 1, após sairmos do hotel cápsula (depois de vermos no dia anterior, o live da Mai Kuraki), eu e o amigo Leandro demos uma passada na loja de depto World Porters, nas proximidades da estação Sakuragichô, em Yokohama. Como era uma das poucas lojas abertas no horário, resolvemos entrar, sem compromisso. Já haviamos entrado lá, na primeira vez que estivemos em Yokohama, em agosto, mas não reparamos direito numa loja de antiguidades chamada Haikara Yokochô, no terceiro andar, toda ambientada na década de 50 (na era showa). Ficamos mais de quatro horas vasculhando as velharias, cheias de poeira, e encontramos muitas raridades, e o melhor de tudo dessa loja, a preço de banana. Muitos goods como posters, panfletos de filmes, fotos, embalagens de alimentos, garrafas de bebidas etc, que se caíssem nas mãos de colecionadores, estariam valendo uma nota. O Leandro comprou um chaveiro do Kidô Keiji Jiban, lacrado, por ¥210. Eu levei dois shitajiki do Groyzer X (O Pirata do Espaço), cada um por ¥525. Com certeza, esses dois itens estariam muito mais caros, se fosse na Mandarake. A empresa que fabricou os shitajiki, Venice, já não existe mais, mas parece que existiram mais dois modelos, com a ilustração da Rita. Na época, custavam ¥150, mas como não tem a data, acredito terem sido lançados em 76/77.
PhotobucketPhotobucket
Mas tinha muitas outras coisas inusitadas, como coleções de garrafas de vidro de refrigeirante, que nunca foram abertas! A mais velha, era uma Pepsi-Cola datada de 1969! Mas havia um set de duas garrafas da Coca-Cola, com caixa, lançadas em 1981, em comemoração aos 25 anos da Coca-Cola no Japão. Mas o que me surpreendeu mesmo, foi uma caixa de chocolate da Morinaga Chocolate Smart, do personagem Snoopy, lançado na década de 70. Era a única embalagem, no qual estava escrito que o conteúdo estava dentro. Incrível, e por apenas ¥1575! Nem quero imaginar como deve estar o chocolate lá dentro. Mais duas fotos que eu tirei "escondido". Na foto A, eu destaco uma coleção de hashi (aqueles pauzinhos...), que nunca foram utilizados. Tinha de Changeman, Maskman etc. Na foto B, é pra vocês verem a disposição do material. Eu quase levo três shitajikis do Zeta Gundam que estavam em cima.
Numa outra parte da loja, há o Maruya Store, especializado na venda de doces e goods que não se encontram em qualquer mercado. Alguns são de fabricação própria da loja, muitos doces e salgadinhos importados, e versões limitadas de tradicionais, como Pocky entre outros. Eu levei um set de seis caixinhas de pastilhas (tablet) sabor pêssego/menta, do Smile Precure!, os quais eu nunca vi vendendo em outro lugar. Cada um saiu por ¥189, e vem com imagem holográfica. E pelo que está na embalagem, é a coleção 2! Ainda bem que eram balas, pois se fossem chicletes, talvez eu não comprasse. São de um empresa chamada Heart, que eu nunca ouvi falar.
E indo mais ao fundo dessa loja, encontramos esse jidô-hanbaiki (máquina de venda automática) de refrigeirante, mas estilo retrô, com garrafas de vidro. A máquina é da Coca-Cola, e possui além da Coca, Fanta Grape, Ginger Ale, e mais duas bebidas que não consegui identificar. Cada garrafa sai por ¥150, mas você não pode levá-las pra casa, tem que beber ali mesmo na loja, e deixar a garrafa numa caixa de plástico, como numa adega, em que esse tipo de garrafa era retornável. Num outro andar, havia mais uma máquina dessas. Acabei não bebendo nada, mas peguei uma garrafa vazia de Ginger Ale da caixa, e pedi para o Leandro tirar uma foto, só pra enganar...rsrsrs!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home