domingo, maio 04, 2014

Gekijôban Puella Magi Madoka Magica-ten ~ Mou ichido anata ni aitai...

Reportando as minhas impressões do primeiro dia da amostra do filme de Madoka Magica, “Mou ichido anata ni aitai...” (Quero me encontrar com você mais uma vez...), realizado no Ikebukuro Sunshine City [World Import Mart 4F/Tenji Hall A], entre 3 a 6 de maio, das 10h00 às 17h00 (última entrada às 16h30). E a primeira coisa que posso dizer, é que tudo foi mal organizado, deixando muita gente irritada... Primeiramente, como estava saindo do serviço no turno noturno, só pude chegar em Ikebukuro por volta das 10h50. Tinha que ser ontem mesmo, já que os tickets antecipados vem com a respectiva data, um dos pontos que considerei errado. Baseando no mesmo tipo de amostra, realizado em outubro do ano passado, no Mori Arts Center (Roppongi Hills), não achei que viria tanta gente, e que conseguiria entrar rápido. Ledo engano! Primeiro porque o de Roppongi Hills durou cerca de três semanas, segundo que estamos no período de feriado prolongado do Golden Week (GW), terceiro que, ontem e hoje, houve live talk com as dubladoras. Depois de um breve atraso na linha Jôban Local, cheguei em Ikebukuro e fui tentando desviar do monte de gente que estava por lá, até o Sunshine City. Chegando no World Import Mart, um staff segurava a placa do fim da fila da amostra, estimando 90 minutos de espera, ou seja, podia ser mais ou menos. Entrei logo, mas o meu erro foi ter vindo sem comer nada, e passar o evento todo de barriga vazia. Havia uma outra fila do lado oposto, smomente para o Goods Corner, e dentro do Tenji Hall A, uma terceira fila somente para o Madoka Magica Cafe. Aí entra o segundo erro de desorganização, quem quisesse usufruir das três partes, tinha que encarar três vezes a fila, apresentando o ticket. Claro que, o principal era a amostra, mas o meu objetivo de compra era o Cafe em si.

Entrei na fila às 11h00, que andava lentamente, e você não tinha a noção exata de quando iria acabar entrando. O motivo pela lentidão era a limitação de pessoas que podiam entrar, pois como era permitido tirar foto de quase tudo (com exceção dos vídeos), quem entrava, demorava pra sair também. No fim, acabei entrando na amostra às 13h10 (achei que ia demorar mais), e obviamente, não ia querer sair tão rápido. Diferente da amostra no Roppongi Hills, aqui você seguia a rota (seta), e ia percorrendo as 10 áreas na ordem. Estava fluindo bem, até chegar no espaço inde estavam as janelinhas com as descrições das 14 Majo's... Estava irritante, nego demorando pra tirar foto, fazendo setup no celular, tirando trocentas fotos! Isso porque o staff pedia insistentemente pra que cada pessoa só tirasse uma foto de cada coisa, mas ninguém (e nem eu) estava fazendo isso. Mas nos quadros do anime, eu estava tirando de dois em dois. Não tinha saco pra tirar separado.
 photo MadokaMagica-ten5_zps029c2ffa.jpg photo MadokaMagica-ten6_zps74de6217.jpg
Um corner interessante era onde se usava o aplicativo de smartphone Link AR, o qual eu baixei no dia, através do mapa que estava sendo distribuído na fila. Ao avistar esse Kyubey (foto), você enquadrava o bicho e fazia aparecer a linda animação da Madoka abraçando a Homura, no campo de flores. Aliás, pra mim, uma das melhores partes do filme, quando a Madoka diz a frase “Hitori-bochi ni nattara dame da yo, Homura-chan”. Entendedores, entenderão! Mas a amostra em si, é um grande spoiler, pra quem ainda não viu o filme, cujo BD/DVD saiu recentemente.
Um dos grandes atrativos foi sem dúvida as figuras 1/1, principalmente as que não tinham no Roppongi Hills, da Mami&Bebe, Nagisa e Kyoko&Sayaka. Toda a decoração em si, estava muito bonita, as majo's na parede, até nos avisos de don't touch. Mas pelo fato de estar bem escuro, só tirando com flash mesmo. Apenas o corner final, com os shikishi's (papéis autografados) das dubladoras e do staff não podiam ser fotografados. Mas tudo bem, porque todos eles constavam do booklet, dado de brinde na saída da amostra, pra quem comprou o ticket especial (¥4000, ¥4300 no dia). E mesmo quem tinha comprado o ticket comum, poderia trocar pelo especial, pagando-se mais ¥2000, mas a quantidade era muito limitada.
 photo MadokaMagica-ten106_zps18dab8bb.jpg photo MadokaMagica-ten194_zpsecc7e6cb.jpg photo MadokaMagica-ten210_zps8da4a7ea.jpg
Por volta das 14h30, fui tentar entrar na fila do Cafe, mesmo sabendo que ia demorar horas pra chegar a minha vez. Foi no mesmo lugar, onde havia sido realizado o Cafe de Macross Frontier e do evento da Dengeki. Dos quatro foods, tinha sobrado apenas o Cheese Cake da Nagisa, embora o meu objetivo fosse o Kyubey Ice Kuromitsu-kake, ambos de ¥650 (ver foto). Mas depois que avisaram que não haviam todos os coasters dos drinks, desisti do Cafe. Fui fotografar a área de goods e crane-game. Minutos depois, o bolo da Nagisa tinha acabado. E ainda assim, muita gente continuou na fila. Eu até cheguei a pensar em voltar hoje ao evento, só pra utilizar o Cafe, mas logo desisti, porque teria que encarar mais de três horas de fila, somente para pegar um food e cinco drinks... Por mais que eu curta Madoka Magica, tem coisa que não vale à pena se sujeitar. E com certeza, muita gente deve ter ficado do lado de fora, sem conseguir entrar no evento. O grande erro foi realmente terem permitido tirar foto de tudo. Mas se permitiram, então aproveitei pra tirar 340 fotos, que vocês podem conferir no facebook ou no photobucket. Encerro a postagem com o mosaico “Dot de madoka magica”, montado com as fotos enviadas pelos fãs ao site do evento.
Saindo do Sunshine City, fui comer novamente no Sweets Paradise de Ikebukuro, embora a minha intenção fosse ir no de Minato Mirai (Yokohama), mas o esquema já tinha furado por completo. Depois, encerrei o dia em Akihabara, no Animate Cafe. O evento de Madoka Magica vai para Osaka, no ACT Hall, dias 17 e 18 de maio.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home