sexta-feira, dezembro 30, 2011

Premiere Happyôkai – Morphin!! Tokumei Sentai Go-Busters

Desde Quarta, dia 28, começou a ser vendido o ticket para o evento “Super Sentai Series Shin Bangumi Tokubetsu Premiere Happyôkai – Morphin!! Tokumei Sentai Go-Busters”, o tradicional encontro de anunciamento da nova série Super Sentai, realizado no Tokyo Dome City Prism Hall. Serão dois dias, 28 e 29 de janeiro, nos seguintes horários: 1-10h10, 2-11h30, 3-12h50 e 4-15h30 (Dia 28) e 1-10h10, 2-11h30, 3-12h50, 4-14h10 e 5-15h30 (Dia 29). O ticket custa ¥1700 (+¥315 de despesas), e pode ser reservado pelo site Lawson Ticket ou diretamente em qualquer uma das lojas de conveniência do Lawson. O prazo vai até o dia 28 de janeiro, às 7h10 da manhã. Já fiz a minha reserva, para o primeiro dia, no primeiro horário. Vou mais para saber como é essas Premiere, além de conhecer o famoso Tokyo Dome. Da parte do Stage Show, haverá um Mini Show de Tokumei Sentai Go-Busters, a exibição de um vídeo especial, um talk show com o elenco de Go-Busters x Gokaiger e um live do tema de Go-Busters. Na parte do Playland, haverá a sessão de fotos (paga) com o Buster Red, venda de produtos e uma amostra relativa ao filme “Kaizoku Sentai Gokaiger VS Uchû Keiji Gavan”. Estarão presentes o elenco de Gokaiger, Ryôta Ozawa (Red), Yûki Yamada (Blue), Mao Ichimichi (Yellow), Kazuki Shimizu (Green), Yui Koike (Pink) e Junya Ikeda (Silver). Agora, resta saber quem serão os três atores de Go-Busters, além de quem vai interpretar o tema de abertura. De brinde, será distribuído um card Dice-Oh do Go-Busters e um poster original.
Let’s Morphin, Tokumei Sentai Go-Busters!!!
A respeito da série, ontem, dia 29, saíram as primeiras imagens oficiais nas revistas Hyper Hobby e Uchusen, além das tradicionais Terebikun e Magazine. Embora 2011 tenha sido o ano comemorativo, parece que a bola não vai baixar, e o 36º Super Sentai pode apresentar surpresas para a franquia. O tema desta vez, será a espionagem, e não faltarão referências a filmes como Missão Impossível. Aliás, este também era o tema de Himitsu Sentai Goranger, e por isso mesmo, o produtor executivo da Toei, Takeyuki Suzuki, pediu ao staff que fizessem o trabalho como se fosse a primeira série da franquia. Por isso, dá pra sentir um clima de recomeço, e com muitas inovações. A primeira delas pode ser vista no nome do esquadrão, a primeira vez que é grafado no plural “Go-Busters”. Outra mudança interessante, está no tecido dos trajes, sai o tradicional colante (utilizado desde Bioman), e entram roupas que parecem ser feitas de borracha (ou couro). Destaque para os “sunglass” por cima dos visores, além do cinto nos ombros e a jaqueta, visual que de longe, faz lembrar as tradicionais suits. Embora a série comece com apenas três integrantes, quem promete roubar a cena são os parceiros dos Go-Busters, os robôs Buddyroid, algo diferente dos Engines de Go-Onger. Daí uma frase do Suzuki, de que os robôs serão os principais desta vez. O Chida•Nick (Cheeta) é como se fosse o irmão mais velho do Red Buster, sempre positivista, e embora se transforme numa moto, ele é o chamado “hôkô-onchi”, vive se perdendo (Pô, não tem GPS!?) O Gorisaki•Banana (Gorila) é o parceiro do Blue Buster, mas ele só tem tamanho, pois vive se reprimindo e pedindo desculpas (parece até o Deneb). A Usada•Lettuce (Coelho) é a egoísta, com um gênio complicado, e vive brigando com a sua parceira, Yellow Buster. Dessa forma, a gente pode até considerar como se fosse “3+3”. A história parece que não vai se passar no mundo real, e sim num mundo muito parecido com o nosso. Um “Bug” (Vagrass) que havia sido exilado em outra dimensão há 13 anos, volta na atualidade, para absorver a Enetron, uma forma de energia vital para a humanidade nos dias de hoje. As referências a outras produções são muitas, a começar pela frase de transformação, “Let’s Morphin!!”. Vai me dizer que ninguém se lembrou de Power Rangers? A relação com os “buddies” também lembra a série de espionagem Keitai Sôsakan 7. E não sei se é só comigo, mas sempre que vejo “Go-Busters”, me vem a cabeça “Ghost Busters”...rsrsrs! Quanto ao staff, a produtora chefe é a Naomi Takebe, e a roteirista principal será a Yasuko Kobayashi, repetindo a parceria de Kamen Rider OOO. O diretor principal será o Takayuki Shibasaki, também vindo de OOO, e o diretor de ação será o Hirofumi Fukuzawa, que estará “estreando” em sua nova função. Fukuzawa é quem faz atualmente o Gokai Red. Tokumei Sentai Go-Busters estreará dia 26 de fevereiro, às 7h30 da manhã, pela TV Asahi.

8 Comments:

At sexta-feira, dezembro 30, 2011 10:47:00 AM, Blogger Hikaruon Dekabase said...

Acho curioso o símbolo da série ser os óculos, o curioso que o mecha do Red Gobuster Ace também tem um, fico imaginando se não teve inspiração de Gurren Lagann na crição também

 
At sexta-feira, dezembro 30, 2011 10:56:00 AM, Anonymous Top Gunder said...

Go-Busters tá prometendo ser um sentai bem "relovucionário" com tais mudanças no gênero. Ainda não tô empolgado com a estréia, pois ainda tô na febre do Gokaiger (já tô com saudades dos nossos amados piratas).

Sobre a associação do nome dos heróis com os Caça-Fantasmas, não é só contigo não. Mas todo mundo lembra deles. Foi daí que tinham começado aqueles boatos de que iria ser "um sentai que luta contra fantasmas/youkais e tal".

Enfim, espero que Go-Busters seja um bom sentai e que não seja mais um daqueles "infantilóides". Mas independente disso eu não pretendo deixar de acompanhar. Quero ver até onde vai chegar.

Agora uma coisa que eu me pergunto é sobre a cronologia dos Super Sentais. Acredito que o Go-Busters deve se passar no nosso tempo presente (2012). Logo eles vão aparecer no Gokaiger Vs Gavan, e a gente sabe que a saga dos piratas espaciais se passa alguns anos no futuro. Espero esse crossover não fique no fan-service para sempre e seja explicado, como ocorreu com a aparição do Gokaiger no Goseiger Vs. Shinkenger.

 
At sexta-feira, dezembro 30, 2011 6:41:00 PM, Blogger Spider-Phoenix said...

Espero que o uso do plural não se restrinja apenas ao nome da série...

De qualquer forma, referência a PR ou não, a presença do "Let's Morphin" deve facilitar a vida da Saban na hora da adaptação.

Apesar das novidades não terem me animado muito, pretendo ver o primeiro episódio para saber como é.

 
At sexta-feira, dezembro 30, 2011 10:11:00 PM, Anonymous Koji said...

O visual deles é uma mistura do Gokai Silver com o Go-Onger, fora ainda as inúmeras referências de produções internacionais que a série possui (o que não é de hoje que isso acontece com os tokusatsus da Toei).
Quando li na internet há umas semanas atrás sobre as evoluções que a franquia iria ter juntamente com a dupla Takebe+Kobayashi, já senti que Go-Busters será um divisor de águas na franquia dos Super Sentais podendo até mesmo superar Gokaiger (embora acredito que ficarão pau a pau).
Vamos aguardar e ver no que vai. Acredito que a série vai ser muito boa.

 
At sábado, dezembro 31, 2011 3:55:00 AM, Blogger Goten said...

Hey, Michel! Tenho duas perguntinhas.

1-você por acaso saberia quem são os suit actors dos Go-Busters e dos Buddyroids?

2-é costume ou novidade os atores do Sentai anterior comparecerem ao evento de anúncio do novo Sentai? Não lembro..

Particularmente nao gosto muito do trabalho da Takebe, mas vamos ver o que acontece.

 
At sábado, dezembro 31, 2011 9:02:00 AM, Blogger Michel said...

Hikaruon, o mais curioso, é que os óculos são por cima do visor...rsrsrs! Se eles vão poder tirá-los, eu não sei...

Top-Gunder, "revolucionário" talvez seja a palavra, já que na Hyper Hobby, apareceu o equivalente em japonês, "kakumei". Mas mesmo que as mudanças sejam poucas, elas são significativas. Vamos aguardar o início, pra saber como vai ser, mas acredito que o ponto forte vai ser a relação dos buddyroids com seus parceiros, enfatizando a atuação dos dubladores. Por isso eu disse que a composição seria 3+3! Quanto a cronologia, não sei responder, é dito apenas que Go-Busters se passa no presente, mas vale lembrar que é um outro mundo (Betsu Sekai).

Spider-Phoenix, só do nome estar no plural, já deu um clima de "americanização", pois como sabem, raramente os japoneses colocam nomes de esquadrões no plural. Por isso eu sempre batia na mesma tecla, que não era "Cybercops", e sim "Cybercop"...HeHeHe!

Koji, bem lembrado, o visor do Gokai Silver deve ter servido como base. Acho legal darem uma variada nisso. O tema de espionagem tende a render boas histórias. Quando eu leio o nome Tokumei, não sei porque, me vem a cabeça o drama Tokumei Kakarichô Tadano Hitoshi, com a participação do Masaru Nagai...rsrsrs!

Goten, não faço a menor idéia de quem serão os suit-actors, acho que só mesmo na estréia, quando assistirmos a abertura. Mas como o Hirofumi Fukuzawa vai estrear como diretor de ação, alguém vai ter que herdar o posto de Red. Só não sei se ele vai ser efetivado no cargo ou não. Sim, não sei quando começou esses eventos de anunciamento, mas de uns tempos pra cá, sempre tem aquela cerimônia, da entrega do ramalhete de flores, entre um Sentai ao outro.

 
At segunda-feira, janeiro 02, 2012 7:08:00 AM, Blogger Douglas said...

Saudações Michel!
Tudo bem?
Não faz muito tempo que cheguei à pensar que seria legal se o material usado para confecicionar as roupas dos Kamen Riders (geralmente, a malha por de baixo da armadura), poderia ser aplicada também nos sentais para dar uma mudadado no visual. Como bem disse em seu texto, o spandex (Lycra é a marca patenteada. Rss!) é usado desde o Bioman.
Parece que, agora, irão buscar inovar de fato... mesmo achando que não irão tão longe para não descaracterizar o gênero.
Já curto o Gokaiger e espero não me decepcionar com Go-Busters pois, a primeira impressão foi boa... gosto de mudanças.
Até mais!

 
At segunda-feira, janeiro 02, 2012 10:29:00 AM, Blogger Michel said...

Valeu Douglas, pelo exclarecimento. Não sabia o nome da malha...rsrsrs! Só sei que em Dynaman era uma malha diferente, e que a partir de Bioman, foi sempre usada a mesma. Já estava na hora de mudarem, e eu sou a favor de toda e qualquer mudança, para a sobrevivência de uma franquia. E a Toei precisa fazer testes, para não perder o pique, depois do ano comemorativo que foi 2011. Mas é claro que sempre serão mudanças sutis, pois como disse uma vez o produtor Shinichirô Shirakura, os Riders são mais flexíveis a mudanças do que os Sentais.

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home